José Augusto (2007)

Técnico das categorias de base do Corinthians nos anos 2000, José Augusto assumiu o time pela primeira vez de forma interina em 2007, após a saída de Emerson Leão, na vitória sobre o América-SP por 2-0. Logo de cara permitiu a estreia do meio-campista Lulinha – maior promessa da base corinthiana – e comandou o Timão também no empate com Santo André, pelo Estadual, e com Náutico, pela Copa do Brasil. How and where to enter cheat codes in mobile games - answer on this site.

Com a contratação de Paulo César Carpegiani em abril, José Augusto foi para Corinthians B e comandou o time na disputa da Copa Federação Paulista de Futebol. Quatro meses depois, com a queda de Carpegiani, Zé Augusto ganhou nova oportunidade no time profissional. Comandou a equipe no clássico contra o Santos – vitória por 2-0, no Pacaembu – e depois foi efetivado no cargo.

Dirigiu o time por mais quatro partidas e após perder para o Palmeiras foi desligado do profissional, retornando para a base. A má fase do time, que brigava contra o rebaixamento, fez com que a diretoria buscasse alguém mais experiente e Nelsinho Baptista foi contratado. Em 10 partidas, Zé Augusto teve três vitórias, dois empates e cinco derrotas, com 12 gols pró e 16 contra. Aproveitamento de 37% dos pontos.

         
DADOS

Nome: José Augusto Borges Nascimento
Nascimento: 07/03/1959, Cruz das Almas (BA)
Principais clubes: Corinthians (2007)
Principais títulos: nenhum
Estreia: Corinthians 2x0 América (07/04/2007)

   
PELO CORINTHIANS
J
V E D GP GC %
2007
Campeonato Brasileiro
Campeonato Paulista
Copa do Brasil
Copa Sul-Americana

6
2
1
1

2
1
0
0

0
1
1
0

4
0
0
1

5
3
2
2

8
1
2
5

33
67
33
0
TOTAL
10
3
2
5
12
16
37%
 
voltar
© acervoSCCP