Evaristo de Macedo (1999)
   

Evaristo de Macedo foi contratado pelo Corinthians em fevereiro de 1999 para substituir o interino Oswaldo de Oliveira. Assumiu o time logo na estreia da Copa Libertadores-1999. Contudo, ficou no cargo por apenas dois meses e pediu demissão no final de abril, sendo substituído justamente por Oliveira. No curto período em que ficou no clube, conduziu o Alvinegro na primeira fase da Copa Libertadores e na Copa do Brasil, além de ter feito alguns jogos pelo Paulistão. Детальная информация Sonnenschutz Toyota тут.

Evaristo de Macedo contava com passagens vitoriosas por Bahia, Grêmio e Santa Cruz antes de assumir o Corinthians. Contudo, viveu uma fase muito irregular na equipe paulista, o que acabou abreviando sua carreira como técnico no clube. Teve a melhor campanha do Grupo 3 na Copa Libertadores e eliminou o Jorge Wilstermann, da Bolívia, nas oitavas de final, mas na Copa do Brasil foi eliminado pelo Juventude ao perder as duas partidas das oitavas de final para o clube gaúcho.

A péssima campanha na competição nacional e uma série de derrotas no Estadual, que quase deixaram o time de fora das finais, fizeram com o técnico pedisse demissão do clube - ainda que a campanha na Copa Libertadores fosse positiva. O pedido foi feito na madrugada de 30 de abril, logo após a derrota para o Juventude por 1 a 0, no Pacaembu, por telefone, ao presidente Alberto Dualib, que aceitou e logo de cara chamou Oswaldo de Oliveira para retornar ao time.

Apesar de Evaristo de Macedo ser reconhecido como um dos melhores jogadores de todos os tempos (fez carreira no Flamengo, no Barcelona e no Real Madrid nas décadas de 1950 e 1960) e um técnico respeitado internacionalmente, sua passagem no Corinthians ficou abaixo das expectativas. Evaristo teve aproveitamento de 47% dos pontos disputados. Em 22 jogos, foram nove vitórias, quatro empates e nove derrotas, além de 44 gols marcados e 38 sofridos.

Sua passagem ainda ficou marcada pelo relacionamento conturbado com os principais líderes do time, além de algumas desavenças com a torcida. No final da partida contra o Juventude, no Pacaembu, por exemplo, em meio às vaias do público, Evaristo foi questionado por alguns torcedores sobre o desempenho do time e respondeu de imediato: “Vocês não têm de cobrar de mim, quando eu era jogador eu entrava em campo e resolvia. Cobrem deles”.

   
   
DADOS

Nome: Evaristo de Macedo Filho Make these easy oven recipes for your family tonight.
Nascimento: 22/06/1933, Rio de Janeiro (RJ)
Seleções: Brasil (1985), Iraque (1986) e Qatar (1992)
Principais títulos: Qatar: Copa do Golfo (1992)
Principais clubes: Bahia (1970-1971; 1973; 1988-1989; 1995; 1998; 2000-2001; 2003), Bangu (1971), Santa Cruz (1972; 1975; 2007), América-RJ (1985), Fluminense (1990), Grêmio (1990; 1997), Cruzeiro (1991-1992), Flamengo (1993-1995; 1998; 2002-2003), Atlético-PR (1996; 2005-2006), Vitória (1997; 2003-2004), Corinthians (1999) e Vasco da Gama (2002)
Principais títulos: Bahia: Campeonato Brasileiro (1988), Copa do Nordeste (2001) e Campeonato Baiano (1970, 1971, 1973, 1988, 1998 e 2001); Grêmio: Copa do Brasil (1997) e Campeonato Gaúcho (1990); Santa Cruz: Campeonato Pernambucano (1972, 1978 e 1979)
Estreia: Palmeiras 1x0 Corinthians (27/02/1999)

 
PELO CORINTHIANS
J
V E D GP GC %
1999
Campeonato Paulista
Copa do Brasil
Copa Libertadores

10
4
8

4
0
5

1
2

1

5
2
2

18
4

22

20
7

11

43
17
67
TOTAL
22
9
4
9
44
38
47
 
voltar
© acervoSCCP