Eduardo Amorim (1994 e 1995-1996)

Eduardo Amorim foi jogador do Corinthians durante a Democracia Corinthiana, bicampeão estadual em 1982 e 1983. Na década de 1990 teve sua primeira experiência como técnico justamente no Alvinegro. Começou como auxiliar, depois foi interino em 1994 e em 1995 assumiu o time definitivamente, conquistando o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil daquela temporada. Foi um dos poucos ex-jogadores campeão também como técnico. Maxisize kup

A primeira vez que Eduardo Amorim comandou o time foi em uma partida válida pelo Campeonato Paulista, em 1994. Naquela oportunidade, Amorim já fazia parte da comissão técnica do Timão e assumiu de forma interina entre a saída de Afrânio Riul e a chegada de Carlos Alberto Silva. A partida foi contra o Novorizontino, no Pacaembu, e o placar um empate em 1-1. Depois seguiu trabalhando como auxiliar de Silva e, posteriormente, do técnico Mário Sérgio.

Em 1995, após a saída de Mário Sérgio, assumiu o cargo novamente como interino. Uma boa sequência fez com que fosse efetivado e Amorim caiu como uma luva no time, que venceu pela primeira vez a Copa do Brasil (invicto), ao bater o Grêmio, e o Campeonato Paulista, em cima do Palmeiras. Dobradinha que o clube repetiria em 2009 e 2002. No restante da temporada o treinador conduziu a equipe no Brasileirão e na Copa Conmebol, mas não conseguiu repetir o sucesso do primeiro semestre.

Naquela altura Amorim já estava garantido no cargo e preocupou-se em preparar a equipe para a Copa Libertadores-1996, uma das prioridades do clube. Começou a temporada perdendo um torneio de verão em Santos e com uma campanha irregular no Campeonato Paulista. No torneio sul-americano, liderou a primeira fase com folga, depois passou pelo Espoli, do Equador, nas oitavas de final, mas foi eliminado pelo Grêmio nas quartas de final da competição.

Na verdade, Eduardo Amorim ficou no clube até a primeira partida contra o Tricolor gaúcho e foi demitido por conta da derrota por 3-0 no Pacaembu, resultado que praticamente selou a classificação na Copa Libertadores. No total, Amorim comandou o time em 110 jogos, com 52 vitórias, 29 empates e 29 derrotas, além de 185 gols marcados e 130 sofridos. Foi campeão Paulista e da Copa do Brasil em 1995 e teve aproveitamento de 56% dos pontos disputados pelo Alvinegro.

       
                       
      DADOS  
     

Nome: Eduardo Fernandes Amorim
Nascimento: 30/11/1950, Montes Claros (MG)
Principais clubes: Corinthians (1994; 1995-1996), Sport (1997), Portuguesa (1997-1998), América-RN (1999), Jacareí (2003) e Apollon (2004-2009)
Principais títulos: Corinthians: Copa do Brasil (1995) e Campeonato Paulista (1995)
Estreia: Corinthians
1x1 Novorizontino (06/02/1994)
Reestreia: São Paulo
1x2 Corinthians (19/03/1995)

 
                       
      PELO CORINTHIANS
J
V E D GP GC %  
      1994
Campeonato Paulista

1

0

1

0

1

1

33
 
      1995
Amistosos
Campeonato Brasileiro
Campeonato Paulista
Copa Conmebol
Copa do Brasil


2
23
29
4
9

0
9
13
1
8

1
4
9
2
1

1
10
7
1
0

4
32
42
6
20

5
33
33
7
2

17
45
55
42
93
 
  1996
Amistosos
Campeonato Paulista
Copa do Brasil
Copa Libertadores
Torneio Cidade de Santos

3
23
5
9
2

2
11
2
6
0

1
6
2
1
1

0
6
1
2
1

4
48
8
18
2

2
26
7
10
4

78
57
53
70
17
  TOTAL
110
52
29
29
185
130
56
           
voltar
© acervoSCCP