CORINTHIANS – JUVENTUS 3-2
CAMPEONATO PAULISTA 2004 – GRUPO 1 – 6ª RODADA
DATA: quinta-feira, 26/02/2004
LOCAL: Estádio Paulo Machado de Carvalho, São Paulo, São Paulo – Brasil
PÚBLICO: 4.154 pagantes
RENDA BRUTA: R$ 63.091,00
RENDA LÍQUIDA: R$ 18.957,90
DESPESAS: R$ 44.133,10
ÁRBITRO: Robério Pereira Pires.
ASSISTENTES: Marinaldo Silverio e Ana Paula da Silva Oliveira.
GOLS: 15’ 51’ Wellington Paulista, 67’ (p) 77’ Coelho, 75’ Wilson.
CARTÃO AMARELO: Fábio Costa, Gil e Pingo; Fábio Luiz, Fabrício e Itabuna.
CARTÃO VERMELHO: 67’ Itabuna, 89’ Fábio Luiz.
CORINTHIANS: Fábio Costa; Coelho, Anderson, Váldson, Fininho; Pingo, Fabrício, Adrianinho (69’ Jô), Samir (45’ Wilson); Gil e Régis Pitbull (60’ Édson Araújo). Técnico: Oswaldo de Oliveira.
JUVENTUS: Fernando; Itabuna, Ivan, Fábio Luiz, Luís Henrique; Dirceu, Edmílson, Serginho, Betinho (76’ Fabrício); Wellington Paulista (74’ Joílson) e Terrão (69’ Jorge Luís). Técnico: Roberto Brida.
[Com este resultado, o Corinthians voltou a vencer no Paulistão depois de três jogos e subiu para quarta colocação no Grupo 1, com 8 pontos. Sem contar com Fabinho, Marcelo Ramos, Marquinhos, Rincón, Rodrigo e Rogério, o técnico Oswaldo de Olivera, que fez sua reestreia pelo clube, colocou em campo uma equipe com cinco jogadores formados no terrão e promoveu a estreia do zagueiro Váldson e do atacante Édson Araújo. No entanto, quem começou o jogo melhor foi o Juventus, que marcou logo aos 15 minutos. A Fiel, em pequeno número, vaiou o time durante todo o primeiro tempo. Na etapa final o time grená ampliou e já parecia ter assegurado a vitória, quando aos 66 minutos um lance polêmico na área do rival mudou a história do jogo. O árbitro Robério Pereira Pires interpretrou como pênalti uma dividada entre Gil e Itabuna e expulsou o juventino. Coelho coverteu e incendiou o Pacaembu. Aos 75, Wilson empatou e dois minutos depois Coelho virou. O Juventus ainda perdeu o zagueiro Fábio Luiz expulso por soma de cartões.]
https://iqoption.za.com iqoption.za.com

 
 
voltar
© acervoSCCP