REAL MADRID – CORINTHIANS 2-2
MUNDIAL DE CLUBES 2000 – GRUPO A – 2ª RODADA
DATA: sexta-feira, 07/01/2000
LOCAL: Estádio Cícero Pompeu de Toledo, São Paulo, São Paulo – Brasil
PÚBLICO: 50.000 pessoas
RENDA: não divulgada
ÁRBITRO: William Mattus Vega (Costa Rica).
ASSISTENTES: Jacek Pociegiel (Dinamarca) e Fernando Cresci Fripp (Uruguai).
GOLS: 19’ 71’ Anelka, 28’ 64’ Edílson.
CARTÃO AMARELO: Guti, Karembeu, Roberto Carlos e Salgado; Fábio Luciano, Kléber e Rincón.
CORINTHIANS: Dida; Índio, João Carlos, Fábio Luciano, Kléber; Rincón, Vampeta (75’ Edu), Marcelinho Carioca, Ricardinho (86’ Marcos Senna); Edílson e Luizão (82’ Dinei). Técnico: Oswaldo de Oliveira.
REAL MADRID: Casillas; Salgado, Hierro, Karembeu, Roberto Carlos; Redondo, Guti (70’ McManaman), Geremi (70’ Morientes), Sávio; Raúl e Anelka. Técnico: Vicente Del Bosque.
[Na segunda rodada do Mundial, Corinthians e Real Madrid disputaram o segundo confronto entre si na história dos clubes – o primeiro foi em 1966, no empate em 1-1, pelo Torneio Ramón de Carranza –, repleto de rivalidade. Primeiro por reunir os dois melhores clubes do Grupo A e favoritos à vaga na final do torneio. Depois pelas polêmicas declarações do lateral-esquerdo Roberto Carlos, ex-Palmeiras, que debochou da tradição do Alvinegro em competições internacionais, e do zagueiro Karembeu, que, quando questionado sobre o atacante Edílson, disse que não o conhecia e por isso não estava preocupado. A resposta do Timão foi dada em campo. O Capetinha foi o destaque da partida e marcou dois gols, o segundo deles o mais bonito da competição. No lance, ele recebeu a bola no ataque, passou por Roberto Carlos, tocou entre as pernas de Karembeu e chutou no canto esquerdo do goleiro Casillas, que ficou sem chances de defesa. O Timão ainda teve um gol legitimo anulado aos 20 minutos, quando Casillas falhou na saída do gol e João Carlos marcou. O árbitro costarriquenho William Mattus Veja, no entanto, assinalou falta inexistente do zagueiro no goleiro. Para completar, Dida ainda defendeu pênalti cobrado por Anelka, aos 82 minutos.]

IQ Option www.iqoption.es En espaƱa

 
         
voltar
© acervoSCCP